Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Ministério Público investiga morte de militar na Base Aérea de Beja

Lusa 14 de Maio de 2015 às 13:16

O Ministério Público (MP) está a investigar um alegado caso de 'bullying' homofóbico (baseado na orientação sexual) sobre um militar, de 23 anos, que se suicidou em março deste ano no alojamento da Base Aérea de Beja.

"Confirma-se a existência de um inquérito. O mesmo corre termos no Ministério Público da Comarca de Beja", adiantou a Procuradoria-Geral da República, numa resposta escrita enviada hoje à agência Lusa.

O jovem foi encontrado morto a 05 de março e, na altura, alguns órgãos de comunicação social noticiaram que teria sido vítima de 'bullying', por ser homossexual", e alvo de gozo no seio militar, razões que o levaram, alegadamente, a suicidar-se por ter atingido o seu limite nessa noite, durante uma festa do clube de praças, quando a pressão psicológica terá sido levada "ao extremo".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)