Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Ministra não recua no fecho de escolas

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, recusou esta quinta-feira, em Santo Tirso, a possibilidade de modificar qualquer decisão tomada no âmbito da reorganização da rede do ensino básico, nomeadamente o adiamento do fecho de algumas escolas.
14 de Setembro de 2006 às 14:29
Em reacção ao apelo feito pela Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) de adiar um ano o encerramento de algumas escolas, a ministra afirmou não haver qualquer razão “que indique que seja necessário voltar atrás”, considerando os casos apontados pela confederação como “pontuais e locais”. A governante adiantou ainda que a tutela está já, juntamente com as escolas e autarquias, a “procurar resolver” a situação dos estabelecimentos escolares em causa.
A Confap divulgou ontem um comunicado onde alegava que várias das escolas de acolhimento para onde as crianças das escolas encerradas estavam a ser transferidas não estavam preparadas para receber os alunos já este ano lectivo e que as condições de transferência dos alunos têm deixado muitas associações de pais “perplexas e indignadas”.
APOSTA NA DIVERSIFICAÇÃO DO ENSINO
Maria de Lurdes Rodrigues, que visitou esta quinta-feira a Escola Secundária de Tomás Pelayo, em Santo Tirso, voltou a sublinhar a importância de diversificar o Ensino e apostar nos cursos profissionalizantes no âmbito do combate ao insucesso e abandono escolares.
A ministra da Educação frisou que a aposta no Ensino deve ser no sentido da diversificação, razão pela qual a oferta dos cursos profissionais este ano ultrapassará os 500, contra os cerca de 70 existentes no passado ano lectivo, o que implicará a duplicação do número de alunos inscritos para cerca de 23 mil.
Durante a visita, a responsável pela pasta da Educação salientou o “esforço notável” desenvolvido pela secundária Tomás Pelayo, uma das escolas que aderiu ao programa de Novas Oportunidades lançado pelo Governo, em diversificar e alargar a sua oferta escolar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)