Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Ministro de Lula apresenta demissão

O ministro de Minas e Energia do Brasil, Silas Rondeau, apresentou a demissão do cargo que ocupava desde o primeiro mandato do presidente Lula da Silva, depois de ter sido acusado num escândalo de corrupção que envolve uma empresa implicada em fraudes contra o Estado.
23 de Maio de 2007 às 09:26
Silas Rondeau, o ministro demissionário
Silas Rondeau, o ministro demissionário FOTO: d.r.
Rondeau apresentou a sua demissão terça-feira à noite, após um encontro com o presidente. Apesar da decisão de abandonar o cargo, afirmou estar “absolutamente inocente”, alegando estar a ser vítima de “mentiras cruéis”.
Rondeau foi acusado pela Polícia Federal de ter recebido um suborno de 100 mil reais (cerca de 37 mil euros) em dinheiro vivo de uma construtora que ganhou um concurso público para fazer chegar electricidade a zonas pobres do país.
Na semana passada, no âmbito de uma operação denominada "Operação Navalha", a Polícia Federal deteve cerca de 50 políticos, empresários e funcionários públicos, suspeitos de participarem no mesmo esquema fraudulento com obras públicas.
Entretanto, a presidência brasileira fez já saber que Silas Rondeau será substituído de forma interina no cargo que ocupava desde Julho de 2005 pelo seu secretário-executivo Nelson Hubner.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)