Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Ministro desvaloriza cobrança de 35 euros em urgência

A urgência de Valpaços cobra 35 euros aos beneficiários da ADSE. No entanto, o ministro da Saúde desvaloriza esse valor, defendendo que os utentes têm a alternativa do hospital de Chaves, a menos de 30 quilómetros.
3 de Dezembro de 2007 às 13:21
A Santa Casa da Misericórdia de Valpaços, encarregue do Serviço de Atendimento Permanente, justifica a cobrança com o facto de não ter recebido qualquer pagamento relativo aos utentes da ADSE desde 2001.
Correia de Campos considera que a situação diz respeito à Misericórdia e que os utentes têm muito perto uma urgência médico-cirúrgica em Chaves.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)