Ministro do Ambiente promete "fim da impunidade" para quem poluir o rio Vizela

Por Lusa|26.05.17

O ministro do Ambiente disse hoje terem acabado as situações impunidade para quem poluir o rio Vizela, prometendo que nos casos mais graves será ordenada a suspensão total ou parcial da atividade das indústrias responsáveis.

"Aquilo que queremos garantir aqui é que, sempre que o dano ambiental for expressivo e tivermos a certeza de quem o provoca, existirão medidas cautelares que poderão nomeadamente levar à suspensão temporária, global ou parcial da atividade industrial que estiver a provocar esses fenómenos de poluição", afirmou Matos Fernandes, em declarações aos jornalistas.

Falando em Vizela no final da sessão de apresentação do Plano de Ação para a Despoluição do Rio Vizela, o ministro acrescentou: "A impunidade, certamente, chegou ao fim, mas o risco ainda não chegou ao fim".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!