Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Obras de Miró classificadas sem acordo da Parvalorem

Obras de Miró na posse da Parvalorem alvo de um processo de classificação sem acordo do proprietário.
10 de Outubro de 2014 às 17:15
Presidente do conselho de administração da Parvalorem
Presidente do conselho de administração da Parvalorem FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Quatro das 85 obras de Miró estão há mais de dez anos em Portugal, e podem, por isso, vir a ser alvo de classificação, sem acordo do atual proprietário. A Parvalorem detém os quadros desde a criação da empresa, após a nacionalização do ex-BPN em 2008.

Estas quatro obras deixaram de estar ao abrigo do artigo 68 da Lei do Património Cultural, no passado dia 5 de outubro.

Um guache e tinta-da-china sobre cartão, sem título, de 1938, um desenho a lápis e tinta-da-china, intitulado "Mulher sentada II", de 1939, e mais duas obras, também sem título, em tinta-da-china sobre papel, de 1949 e de 1950, são as obras em causa.

parvalorem miró
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)