Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Moçambique aponta escolas bilingues como prova da aposta na diversidade linguística

Lusa 22 de Fevereiro de 2019 às 15:37

O representante permanente de Moçambique na ONU defendeu quinta-feira, em Nova Iorque, que os cerca de 520 mil alunos que estudam nas 480 escolas bilingues moçambicanas demonstram a aposta na diversidade cultural e linguística feita pelo país.

António Gumende falava numa conferência realizada na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), a propósito do Dia Internacional da Língua Materna, tendo afirmado que Moçambique é "um país multilinguístico por definição", face às 42 "variações linguísticas" usadas por todo o território nacional, além do português, que é considerada língua materna por apenas 10,7% da população moçambicana.

O representante permanente de Moçambique junto da ONU sublinhou que o país está a viver uma intensificação do reconhecimento "das línguas moçambicanas", sendo que algumas destas já são introduzidas no percurso escolar e no currículo universitário, nomeadamente com a existência de escolas bilingues.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)