Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Moçambique/Eleições: Líder do MDM disponível para acordos pós-eleitorais

Lusa 3 de Outubro de 2014 às 09:30

O presidente do MDM, terceira força política moçambicana, disse que os resultados das eleições gerais podem conduzir a acordos após a votação, dando preferência à Renamo, na oposição, embora não fale com o seu líder há seis anos.

Em entrevista à Lusa, Daviz Simango, líder do MDM (Movimento Democrático de Moçambique) e candidato presidencial às eleições gerais de 15 de outubro, afirmou que, "dependendo dos resultados, se precisar de buscar alguma simpatia dos partidos eleitos, vai querer constituir-se governo e não há necessidade nenhuma de se fazer outra eleição para isso".

O presidente do MDM, que conheceu uma forte ascensão em Moçambique desde o seu nascimento em 2009, disse que, entre o partido no poder, Frelimo (Frente de Libertação de Moçambique) e a oposição da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), teria de analisar "prós e contras" e relações "win-win", para que o país "saia a ganhar sem custos desnecessários numa nova eleição que pode prejudicar todos".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)