Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Moções de censura contra executivo da junta do Centro Histórico, Porto, rejeitadas

Lusa 16 de Maio de 2015 às 02:05

As moções de censura do PSD e da CDU que visavam o executivo da Junta do Centro Histórico, no Porto, cujo presidente perdeu em março a confiança política do movimento "Rui Moreira: Porto, Nosso Partido" foram esta noite rejeitadas.

Ambos os documentos falam em "paralisação" ou "estagnação" da junta liderada por António Fonseca que, nas autárquicas de 2013, foi eleito pelo movimento independente e constituiu executivo em coligação com o PS, exatamente as duas forças políticas que votaram contra as moções discutidas ao longo de quase quatro horas de assembleia extraordinária.

António Fonseca, depois de durante a sessão se ter escusado a comentar o conteúdo das moções, em declarações à agência Lusa no final, reiterou a ideia de que não se demitirá, afirmando mesmo que tem vindo a sentir "na rua, no terreno, o contentamento" da população com o seu trabalho.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)