Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Modatex emprega 406 no setor do têxtil e vestuário

O programa "Formar para Empregar" formou 476 pessoas e conseguiu emprego para 86% dos formandos.
28 de Março de 2015 às 09:08
Objetivo do programa é qualificar a mão-de-obra
Objetivo do programa é qualificar a mão-de-obra FOTO: José Coelho/Lusa
O programa "Formar para Empregar", do Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confeção e Lanifícios (Modatex), formou 476 pessoas entre agosto de 2012 e final de 2014 e conseguiu emprego para 86% dos formandos (406 participantes).

O programa "Formar para Empregar" tem sido "um caso de sucesso" no combate ao desemprego nos setores têxtil e do vestuário, disse a diretora do Modatex, Sónia Pinto, referindo que o índice de empregabilidade nos dois anos da iniciativa situou-se nos 86%, tendo sido superior a 96% no primeiro semestre de 2014.

O "Formar para Empregar" tem o objetivo de ir ao encontro das necessidades das empresas do setor têxtil, contribuindo para a modernização e qualificação da mão-de-obra e inserindo os formandos no mercado de trabalho.

Em declarações à Lusa, a diretora do Modatex explica que os empresários querem contratar trabalhadores qualificados, que é uma realidade de hoje e que há 20 anos não existia, mas com "algum ritmo de trabalho e rigor de pormenor, precisamente para responder às encomendas com uma qualidade de execução diferente".

Sónia Pinto recorda que os empresários do setor do têxtil e do vestuário estão a pedir desde 2012 trabalhadores já qualificados.

Como o Modatex tem apenas cinco instalações físicas e não consegue dar resposta a nível nacional nas suas estruturas a toda a necessidade de profissionais qualificados, a forma para ultrapassar o problema foi aliar-se aos empresários e qualificar a mão-de-obra em contexto de trabalho, como por exemplo nas próprias unidades fabris.


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)