Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Morre Henri Ronse aos 64 anos

O encenador belga Henri Ronse, radicado em França há 13 anos, morreu domingo aos 64 anos, na sequência de uma crise cardíaca. Fundador do teatro Oblique, em Paris, foi director do Festival de Teatro de Anjou de 1978 a 1981 e também colaborador da revista literária ‘Obliques’, nas décadas de 70 e 80.
14 de Dezembro de 2010 às 17:00

Nascido em 1946 em Ostende, Ronse estreou-se nos palcos aos 19 anos e na sequência de complicações tidas no seu país, por alegada má utilização de subsídios públicos na gestão do seu teatro em Bruxelas, acabou por se radicar em França.

Encenador de teatro e ópera, com mais de cem trabalhos realizados, de Corneille a Sófocles, passando por Kafka, Artaud e Beckett, Henri Ronse distinguiu-se também como homem da rádio e deixa para a posteridade a sua obra autobiográfica ‘Miettes de Mémoire’ (migalhas de memória, em tradução literal).

Cultura Teatro Henri Ronse
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)