Morreu a soprano Sena Jurinac

A cantora de ópera Sena Jurinac, considerada uma das mais importantes sopranos entre as décadas de 1940 e 1960, morreu na terça-feira, aos 90 anos, anunciou nesta quarta-feira a Ópera de Viena.
23.11.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Morreu a soprano Sena Jurinac
Para a Ópera de Viena, Sena Jurinac foi uma "lendária artista que influenciou não só a Ópera de Viena como o mundo da ópera" Foto d.r.

Nascida em Travnik, na Bósnia-Herzegovina, Sena Jurinac morreu vítima de doença prolongada em Augsbourg, no sul da Alemanha, onde vivia.  

Sena Jurinac estreou-se em 1942 na ópera ‘La Boheme’, e despediu-se dos palcos em 1982, tendo deixando poucas gravações discográficas, mas memoráveis interpretações em óperas de Mozart, Puccini, Verdi, Richard Strauss, Wagner e Janácek.  

Para a Ópera de Viena, Sena Jurinac foi uma "lendária artista que influenciou não só a Ópera de Viena como o mundo da ópera".  

Das raras gravações da soprano ficaram célebres as editadas sob o selo Westminster, nos anos de 1950 e 1960, com as interpretações de 'lieder' de Robert Schumann, em particular o ciclo de canções de câmara "Os amores e vida de uma mulher", o Requiem de Mozart, com o maestro Hermann Scherchen, e a ópera de Beethoven 'Fidelio', dirigida por Wilhelm Furtwangler.  

O catálogo Westminster, recuperado pela Universal em 2002, destacou-se na década de 1950 pela qualidade técnica de gravação em estéreo, novidade tecnológica da época.  

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!