Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Moscovo expulsa quatro diplomatas britânicos

O governo de Vladimir Putin expulsou, esta quinta-feira, quatro diplomatas britânicos, além de deixar de cooperar, com o Reino Unido, na luta contra o terrorismo.
19 de Julho de 2007 às 14:32
Rússia expulsa quatro diplomatas britânicos
Rússia expulsa quatro diplomatas britânicos FOTO: d.r.
A decisão do governo de Moscovo surge como resposta aos quatro diplomatas russos expulsos no início da semana, pelo governo de Brown – a expulsão do Reino Unido foi feita com base no caso Litvinenko.
“Uma nota a declarar ‘persona non grata’ a quatro colaboradores da embaixada britânica em Moscovo, foi entregue oficialmente ao embaixador do Reino Unido”, informou o porta-voz da diplomacia russa Mikhail Kamynin. Os diplomatas britânicos terão dez dias para abandonar a Rússia.
O Kremlin decidiu ainda abandonar a cooperação feita até agora com Londres, no combate ao terrorismo, “as medidas anunciadas oficialmente por Londres, para nosso grande pesar, tornam impossível a nossa cooperação futura com o Reino Unido no domínio da luta contra o terrorismo”.
AS RAZÕES DE LONDRES
Na segunda-feira, o Reino Unido decidiu expulsar quatro diplomatas russos face à recusa de Moscovo de extraditar o principal suspeito da morte de Litvinenko, um antigo espião russo que morreu envenenado em Londres em Novembro de 2006.
O empresário russo Andrei Lugovoi, ex-membro do KGB, é considerado pela Scotland Yard como principal suspeito do envenenamento com uma substância radioactiva de Alexander Litvinenko.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)