Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Estado Islâmico assassinou 3.221 pessoas desde 2014

Pelo menos 1.879 das vítimas eram civis.
Lusa 29 de Setembro de 2015 às 10:41
'Jihadistas' já mataram milhares de pessoas
'Jihadistas' já mataram milhares de pessoas FOTO: Reuters

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) assassinou 3.221 pessoas na Síria, desde que proclamou um califado neste país e no Iraque, no final de junho de 2014, indicou esta terça-feira uma organização não-governamental síria.

De acordo com a contagem do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), com sede em Londres, pelo menos 1.879 das vítimas eram civis, incluindo 76 menores e 99 mulheres.

Na maioria dos casos, as vítimas do EI foram executadas a tiro, decapitadas, lapidadas, queimadas vivas ou lançadas de edifícios.

Estado Islâmico Síria Iraque londres terroristas mortes vítimas jihadistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)