Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Luís Cunha Ribeiro e Paulo Lalanda e Castro acusados de corrupção

Estão ainda acusadas outras cinco pessoas.
Lusa e Correio da Manhã 8 de Novembro de 2019 às 12:22
O empresário Paulo Lalanda de Castro, ex-patrão de José Sócrates, e o antigo presidente da Administração Regional de Lisboa e Vale do Tejo, Cunha Ribeiro, ambos arguidos no processo Máfia do Sangue, estão acusados por crimes de corrupção.

No âmbito do inquérito 'O Negativo', o MP acusou sete arguidos, incluindo Paulo Lalanda e o antigo presidente da ARS de Lisboa, pela prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, recebimento indevido de vantagem, falsificação de documentos, abuso de poder e branqueamento de capitais. 

Segundo um comunicado da PGR, a investigação realizada pela Polícia Judiciária envolveu a cooperação das autoridades suíças. O MP pede ainda na acusação que dois dos arguidos sejam proibidos de exercer funções assim como a perda de vantagens a favor do Estado, concretamente de várias frações autónomas de imóveis e da quantia de mais de 5 mil euros.
Máfia Sangue Departamento Central de Investigação e Acção Penal Paulo Lalanda de Casto Luís Cunha Ribeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)