Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

MP proíbe sátira ao Magalhães

O Ministério Público (MP) ordenou esta quinta-feira à Câmara de Torre Vedras que retirasse as imagens de nus femininos que estavam no ecrã de uma reprodução do computador Magalhães, que faz parte de um "monumento" ao Carnaval da cidade.
19 de Fevereiro de 2009 às 17:22
No Carnaval de Torres Vedras, o Magalhães mostrava nus femininos no ecrã
No Carnaval de Torres Vedras, o Magalhães mostrava nus femininos no ecrã FOTO: d.r.

'Fomos surpreendidos à cerca de uma hora com um fax do Ministério Público assinado pela senhora delegada do 1º juízo, a qual nos dá um prazo até às 15h30 para retirar o conteúdo do computador Magalhães', explicou o presidente da autarquia, Carlos Miguel, em declarações à Antena 1.

'Achamos que pela primeira vez após o 25 de Abril temos um acto de censura aos conteúdos do Carnaval de Torres', lamentou o autarca, precisando que 'o que existe é uma sátira ao computador Magalhães com um autocolante que se pressupõe que seja o ecrã'.

O chamado 'monumento' ao Carnaval, dedicado ao este ano à temática das profissões, mostra uma adolescente a pensar no futuro, com um computador Magalhães, que apresenta pequenas imagens de nus femininos.

'Só espero que a delegação do MP não se lembre de mandar cobrir ou retirar o testículo do Cristiano Ronaldo porque esse vai dar muito trabalho', ironizou, Carlos Miguel, aludindo a um carro de Carnaval que vai desfilar.

Ver comentários