Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Mundial2014: Ministro desvaloriza violência no Brasil e compara-a com países em guerra

Aldo Rebelo afirmou que tudo fará para "proteger o público, convidados, turistas e jornalistas".
6 de Maio de 2014 às 19:15

O ministro do Desporto do Brasil, Aldo Rebelo, minimizou esta terça-feira os problemas de violência que têm surgido nos estádios locais a semanas do país receber o Campeonato do Mundo de futebol, comparando-a à situação de países em guerra.

"Não acho que os ingleses enfrentem maiores riscos do que os que encaram no Iraque ou Afeganistão, onde recentemente perderam centenas de jovens soldados", disse, quando questionado sobre os perigos para os adeptos britânicos em Manaus.

O responsável acredita que o Brasil "é muito menos exposto a esses riscos de violência nacional, religiosa ou étnica [que outros países europeus]", admitindo que "há alguma violência de direito comum, quotidiano" para a qual as forças da ordem estão a "tomar precauções", tendo mesmo adquirido "equipamentos modernos e sofisticados para a segurança pública".

"Vamos fazer tudo para proteger o público, convidados, turistas e jornalistas", concluiu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)