Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Municípios ribeirinhos espanhóis lamentam que Tejo "esteja morto"

Lusa 28 de Dezembro de 2017 às 18:19

Os municípios espanhóis servidos pelas barragens de Entrepeñas e Buendía, que abastecem de água o transvase Tejo-Segura, lamentaram hoje que o rio Tejo "esteja morto", classificando 2017 como um "ano nefasto".

Em comunicado, a Associação de Municípios Ribeirinhos das Barragens de Entrepeñas e Buendía, que agrupa 22 concelhos, acusa o Governo espanhol, em particular o primeiro-ministro e a ministra de Agricultura e Pesca, de ter "levado as principais barragens do Tejo e seus municípios ribeirinhos a uma situação limite: estão mortos de sede e sem investimentos".

Segundo a nota, citada pela agência noticiosa espanhola Efe, as barragens de Entrepeñas e Buendía estão com 9,5% da sua capacidade total.