Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Não tenha medo de fazer uma colonoscopia

Saiba tudo sobre o exame que pode salvar a vida de milhares de portugueses.
Susana Lúcio 3 de Novembro de 2019 às 09:23
Cancro
Cancro FOTO: Getty Images
Todos os dias morrem 11 pessoas em Portugal vítimas de cancro no intestino. A doença não provoca sintomas na fase inicial e se for detetada de forma precoce poderá ter uma cura em 90% dos casos. Para isso serve a colonoscopia, um exame de prevenção e diagnóstico que ainda assusta muitas pessoas. 

O presidente da associação de apoio a doentes Europacolon, Vítor Neves, explicou à SÁBADO por que razão é necessário realizar o exame. 

Com que idade é que as pessoas devem pedir para fazer uma colonoscopia?
Pessoas entre os 50 e 74 anos, ou pessoas mais novas que tenham tido ascendentes do 1º grau que tenha tido a doença ou que apresentem determinado tipo de sintomas, tais como: perda de sangue nas fezes, dores abdominais constantes, perda de peso e cansaço sem razões próximas, sensação de que o intestino não esvazia completamente, diarreia ou obstipações constantes. Caso estes sintomas persistam deve contactar o médico assistente para despistar a sua causa.

O exame ainda assusta os portugueses? O que assusta mais?
Há algum tabu na sociedade portuguesa de que a colonoscopia pode produzir perfurações no intestino e a probabilidade de isso acontecer é ínfima. O mau paladar e a grande quantidade de líquido necessário na preparação também se torna desmotivante. Mas a qualidade e o paladar dos produtos de preparação mudou, são bem mais agradáveis. A quantidade de líquido diminuiu muito e o Serviço Nacional de Saúde já comparticipa na sedação total, caso o utente prefira efectuar o exame com anestesia.

Por que razão o exame é tão importante?
Porque é o método ideal de encontrar esta doença num estadio precoce e, daí as pessoas poderem ser tratadas precocemente e muitas vezes curadas. A alternativa é a doença avançar e depois a probabilidade de estabilização diminui muito.

A comparticipação da sedação no exame veio aumentar o número de colonoscopias?
Sim, essa proteção de conforto conseguiu fazer com que muitas pessoas tivesse medo da eventual dor no exame e as afastasse de o realizar.

Poderia descrever-me como se realiza o exame?
A preparação serve para a limpeza total do intestino de alimentos, de forma a que o gastroenterologista consiga detectar melhor as anomalias, se existirem. Com sedação, não se sente nenhum desconforto. O exame dura cerca de 20 a 30 minutos e é introduzido ar para alargar o intestino e depois um colonoscópio, que é um tubo flexível com uma pequena luz na ponta, para se conseguir visualizar todo o intestino grosso.

Que tipo de lesões se procura detetar?

Todas, especialmente pólipos que quase todos nós temos a partir de determinada idade e que têm de ser retirados. 

O exame deve ser realizado de quantos em quantos anos?
Se não tiver nenhuma anomalia de 5 em cinco anos.

90% dos casos poderá ter cura se a doença for detetada a tempo – isto significa a ausência ainda de sintomas?
Sim, o tumor pode não evidenciar sintomas, daí estar estabelecido que todas as pessoas entre os 50 e 74 anos devem realizar o rastreio do cancro do intestino.
Portugal saúde questões sociais especialidades médicas serviço nacional de saúde doente
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)