Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Nebraska ilegaliza cadeira eléctrica

O Supremo Tribunal do estado de Nebraska, EUA, decidiu ilegalizar a cadeira eléctrica no único estado que ainda a utilizava este meio para cumprir a pena capital.
9 de Fevereiro de 2008 às 11:37
A pena capital continua em vigor no Nebraska, no entanto, o Supremo Tribunal estadual determinou que os legisladores têm de encontrar outro método, considerando que a cadeira eléctrica inflige "uma dor intensa e sofrimento agonizante".
"Os presos condenados não devem ser torturados até à morte, independentemente da gravidade dos seus crimes", escreveu o juiz-conselheiro William Connolly, relator do acórdão aprovado por seis votos contra um.
O Governador do Nebraska, Dave Heineman, reagiu à decisão do Supremo Tribunal, anunciando que vai propor uma modificação legislativa para adopção da injecção letal.
A primeira execução na cadeira eléctrica nos Estados Unidos ocorreu em 1890 em Nova Iorque. Actualmente, a injecção letal é o método utilizado na maioria dos estados que reinstituíram a pena de morte a partir de 1976, havendo nove estados que admitem a electrocussão, mas apenas como opção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)