Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Nicolás Maduro acusa EUA de nova conspiração e condena intromissão no diálogo com a oposição

2 de Maio de 2014 às 06:45

O Presidente da Venezuela acusou quinta-feira o Governo dos Estados Unidos de voltar a conspirar contra Caracas e condenou uma alegada "ingerência grosseira e insolente" nos diálogos com a oposição, vincando que não aceitará "nenhum tipo de condicionamento".

"Tenho provas novas da participação de funcionários da embaixada dos Estados Unidos em conspiração diretamente com os 'guarimberos' - promotores de barricadas e vandalismo-, com os setores que dirigem uma tentativa de golpe de Estado", disse.

Nicolás Maduro falava para milhares de simpatizantes que quinta-feira saíram às ruas de Caracas para assinalar o Dia Mundial do Trabalhador.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)