Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Imã de mesquita diz que massacre não muda amor dos fiéis muçulmanos pela Nova Zelândia

"Ainda amamos este país", sublinhou Ibrahim Abdul Halim.
Lusa 16 de Março de 2019 às 03:44
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Brenton Tarrant é um dos autores dos ataques a mesquitas na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Brenton Tarrant é um dos autores dos ataques a mesquitas na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Muçulmanos rezam pelas vítimas do ataque à mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia
Brenton Tarrant é um dos autores dos ataques a mesquitas na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia
Ataque terrorista a mesquita na Nova Zelândia

O imã que liderava a oração na mesquita de Linwood quando um homem armado matou várias pessoas naquele templo disse esta sexta-feira que o ataque não vai mudar o amor dos fiéis pela Nova Zelândia.

"Ainda amamos este país", sublinhou Ibrahim Abdul Halim, imã da mesquita em Christchurch. "[Os extremistas] Nunca vão quebrar a nossa confiança", acrescentou.

O ataque causou pelo menos 49 mortos no ataque às duas mesquitas de Christchurch.

Christchurch Nova Zelândia Ibrahim Abdul Halim Ibrahim Abdul Halim religião crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)