Marcelo Rebelo de Sousa condena ataques da Nova Zelândia

Chefe de Estado apresentou condolências às vítimas de ataques terroristas,
Por Lusa|15.03.19

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, endereçou hoje as condolências à Nova Zelândia pela morte de pelo menos 49 pessoas em ataques a duas mesquitas em Christchurch, falando num "ataque gravíssimo" ao estado de direito.

"Já tive oportunidade de enviar ao senhor governador geral da Nova Zelândia as minhas condolências em nome do povo português, testemunhando a solidariedade perante aquilo que foi um ataque gravíssimo ao estado de direito democrático", afirmou aos jornalistas à entrada para a conferência "A Europa e o Presente", organizada pelo jornal Público, no Porto.

Além de testemunhar "consternação e a dor", o chefe de Estado mostrou ainda a sua solidariedade perante este tipo de atos que são "a todos os títulos condenáveis" por parte das democracias e daqueles que defendem a liberdade, o pluralismo e o diálogo nas relações entre os povos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!