Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

NOVO ATENTADO EM JERUSALÉM

Um suicida palestiniano detonou os explosivos que levava consigo numa paragem de autocarro em Jerusalém, esta tarde, matando pelo menos sete pessoas e ferindo outras 35, revelaram fontes policiais e médicas israelitas.
19 de Junho de 2002 às 19:16
O ataque, numa paragem do chamado bairro do Monte Francês, ocorreu a poucos quarteirões do quartel-general da polícia israelita. As autoridades estavam em estado de alerta por causa do atentado de ontem, que matou 19 pessoas também em Jerusalém, mas não conseguiram evitar este novo acto de terror.

O movimento palestiniano Hamas reivindicou o atentado de ontem. O ataque de hoje foi já reivindicado pelas Brigadas Mártires de al-Aqsa, braço armado da Fatah, movimento de Yasser Arafat na Organização de Libertação da Palestina (OLP).

As Brigadas reivindicaram o atentado através da televisão al-Manar, do movimento xiita libanês Hezbollah, garantindo a continuação da luta até que os israelitas desocupem a terra da Palestina.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)