Novo Banco: Contas aprovadas pela 1.ª vez sem reservas do auditor

Por Lusa|30.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O Fundo de Resolução, acionista único do Novo Banco, aprovou hoje em assembleia geral (AG) o relatório e contas de 2016 do banco que, pela primeira vez desde que foi criado em 2014, não apresenta reservas.

Segundo disse à Lusa fonte oficial do Novo Banco, a PricewaterhouseCoopers (PwC), auditora do banco de transição resultante da intervenção das autoridades no antigo Banco Espírito Santo (BES) em agosto de 2014, aprovou as contas de 2016 sem reservas.

O Novo Banco teve prejuízos de 788 milhões de euros em 2016 (contra o resultado líquido negativo de 929,5 milhões de euros em 2015), conforme anunciou a instituição liderada por António Ramalho em 12 de abril.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!