Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Novo centro para refugiados congoleses em Angola vai ter capacidade para 50.000 pessoas

Lusa 16 de Junho de 2017 às 08:45

Os refugiados congoleses distribuídos por dois centros provisórios, esgotados, na localidade angolana do Dundo, começam a ser colocados em julho no novo campo, com capacidade para 50.000 pessoas, já em preparação e onde vão poder construir o próprio refúgio.

A informação foi avançada à agência Lusa, no Dundo, pelo diretor provincial na Lunda Norte do Ministério da Assistência e Reinserção Social (Minars), Wilson Palanca, numa altura em que os dois centros, de caráter temporário e utilizados para registo dos refugiados, implantados à volta da cidade, já esgotaram a capacidade, ultrapassando esta semana as 30.000 pessoas acolhidas.

"Estamos a trabalhar no sentido de termos o novo centro e deixarmos para trás os centros improvisados. Nós queremos um centro com capacidade e condições apropriadas para dignificar e acolhermos bem os refugiados que vêm da RDCongo", explicou Wilson Palanca.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)