Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Novo Banco: Sindicato diz que solução é a nacionalização e repudia "despedimento coletivo encapotado"

Lusa 14 de Março de 2016 às 14:31

O Sindicato dos Trabalhadores da Atividade Financeira (SINTAF) defendeu hoje que a solução para o Novo Banco passa pela nacionalização e alertou que a rescisão por mútuo acordo com trabalhadores da instituição não pode ser "um despedimento coletivo encapotado".

"Nós consideramos que, neste momento, uma venda será totalmente desastrosa para os contribuintes, para os trabalhadores e para as suas famílias e defendemos a nacionalização do banco", disse à Lusa Rute Pires, coordenadora da comissão intersindical do SINTAF -- Novo Banco, realçando que a rescisão de comum acordo não pode ser "um despedimento coletivo encapotado".

De acordo com a líder sindical, que falava hoje à Lusa à margem de uma conferência de imprensa realizada junto à sede do Novo Banco, em Lisboa, "qualquer venda do Novo Banco, neste momento, é desastrosa porque não vai ser pelo real valor do banco, pelo seu justo valor", assim, defende, "a solução que passa por o colocar sob controlo público do Estado seria a melhor, até ver".