Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

'Clássico' é "jogo fundamental" para o FC Porto

Nuno Espírito Santo relembra, no entanto, que o clube apenas depende de si para ser campeão.
Lusa 2 de Fevereiro de 2017 às 13:33
O treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo
O treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo FOTO: Move Notícias

O treinador do FC Porto lembrou esta quinta-feira que a equipa apenas depende de si para alcançar o título nacional de futebol, ao ficar a um ponto do Benfica, daí a importância de vencer o Sporting no sábado.

Nuno Espírito Santo encarou o 'clássico', da 20.ª jornada, como um "jogo fundamental" e sublinhou que a equipa vai entrar em campo com um único propósito, e que passa por vencer.

"Temos que vencer os nossos jogos e tentar chegar onde queremos estar. A pressão existe para nós, mas também existe para os nossos adversários. O principal é continuarmos a somar", disse o treinador portista.

O treinador dos 'dragões' disse estar preparado para receber os 'leões': "O FC porto conhece perfeitamente a equipa do Sporting e sabemos que estão recheados de bons jogadores na máxima força. Mas vão defrontar um FC Porto preparado e com vontade de competir."

A diferença de um ponto para o líder Benfica é encarada pelo grupo como um fator motivador, ainda assim o técnico admitiu que ainda é muito cedo para traçar cenários futuros.

"O mais importante de termos conseguido estar a um ponto do líder é que agora só dependemos de nós para alcançar o nosso objetivo. Agora é importante sabermos manter o rumo. Sabemos que este vai ser um jogo difícil, mas jogamos no Dragão, a nossa fortaleza. Tudo faremos para celebrar a vitória junto com os nossos adeptos", frisou.

Hugo Miguel foi o árbitro nomeado para dirigir o'clássico' e Nuno Espírito Santo espera o melhor do seu desempenho.

"Do árbitro espero um bom trabalho. Desejo que esteja ao seu nível e que não tenha influência no resultado do jogo", disse ainda.

Nuno Espírito Santo mostrou-se ainda confiante no trabalho que a equipa tem vindo a desenvolver ao longo da temporada: "Sempre houve uma crença no nosso trabalho. O ser dedicado no treino permitiu estar a falar agora a um ponto da liderança. Não é fundamental em fevereiro este cenário, é sim importante conseguir chegar em primeiro no fim. Os jogadores sabem o quanto é importante cada jogo. Ainda não estamos onde queremos estar, queremos ser líderes. Temos que conseguir os três pontos e esperar o que pode acontecer."

O FC Porto, segundo classificado da prova com 44 pontos, menos um do que o comandante Benfica, recebe pelas 20:30 de sábado o Sporting, terceiro classificado com 38, em jogo da 20.ª jornada, que será dirigido por Hugo Miguel, da associação de Lisboa.

treinador do FC Porto Benfica Sporting Nuno Espírito Santo FC Porto Hugo Miguel desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)