Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Nuno Taveira revela “vacina contra o VIH2”

Nuno Taveira, investigador da Faculdade de Farmácia da Univ. de Lisboa, sobre estudo do controlo da infeção por VIH2.
13 de Outubro de 2013 às 08:48

Correio da Manhã – Qual o objetivo deste estudo?

Nuno Taveira – A taxa de mortalidade das pessoas infetadas com o VIH2 (Vírus da Imunodeficiência Humana) é quase igual à taxa de mortalidade das pessoas não infetadas. Isto significa que o nosso organismo consegue gerir bem a infeção por este vírus. Mas como? O que fizemos neste estudo foi acompanhar um grupo de 28 doentes durante 4 anos e investigar a resposta em anticorpos neutralizantes.

Quais as conclusões a que chegaram até ao momento?

O que encontrámos nestas pessoas infetadas por VIH2, em 24 dos doentes, foi uma grande quantidade de anticorpos neutralizantes muito potentes, algo que no VIH1 é muito raro de encontrar, o que permite sugerir que esses anticorpos controlam a multiplicação do vírus nestes doentes.

O estudo poderá levar à criação de uma vacina?

Estes resultados dizem-nos que os anticorpos neutralizantes são importantes para controlar a infeção de VIH2. Os anticorpos que se produzem têm por alvo uma região no invólucro do vírus. Quando os vírus escapam, essa região altera-se. Esta observação é interessante porque permite basear uma eventual vacina contra o VIH2 nesta região do invólucro.

VIH2 vacina Nuno Taveira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)