Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

O exílio do encenador Augusto Boal em Lisboa é tema de exposição no Museu do Aljube

Lusa 24 de Abril de 2017 às 20:05

O exílio português do encenador e dramaturgo brasileiro Augusto Boal, que decorreu de 1976 a 1978, é o tema de uma exposição a inaugurar terça-feira, 25 de Abril, no Museu do Aljube, em Lisboa.

A inauguração da exposição "Meus caros amigos -- Augusto Boal -- Cartas do exílio" integra-se na iniciativa "Os dias da memória", em que o museu vai abrir portas para receber objetos e testemunhos de resistentes à ditadura.

Natural do Rio de Janeiro, onde nasceu a 16 de março de 1931, Augusto Boal foi um conceituado dramaturgo, criador do Teatro do Oprimido, que viveu em Lisboa, entre 1976 e 1978, durante o exílio imposto pela ditadura militar brasileira.