Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

O "perigo da continuidade" da central de Almaraz junta ativistas em Nisa

Lusa 11 de Maio de 2019 às 06:19

Sensibilizar a opinião pública e os Governos de Portugal e Espanha para o "perigo da continuidade em funcionamento" da central nuclear de Almaraz junta hoje em Nisa ativistas ambientais dos dois países.

A ação realiza-se na barragem de Cedillo, na fronteira dos dois países e é organizada pelo Movimento Ibérico Antinuclear (MIA), que exige o encerramento da central e futuro desmantelamento, como explicou à Lusa Nuno Sequeira, ambientalista da associação Quercus e também coordenador do MIA.

O Governo espanhol, mas também o português, devem tomar "medidas fortes" no sentido de não autorizarem "a continuidade em funcionamento" da central, que está a atingir os 40 anos e pode representar "uma séria ameaça, não só a Espanha mas também a Portugal e a toda a Europa".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)