Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Obama promulga lei que priva embaixadores na ONU de obterem vistos

Os Estados Unidos comunicaram ao Irão, na semana passada, que a escolha de Teerão para o posto de embaixador da República Islâmica na ONU "não era viável".
18 de Abril de 2014 às 23:42

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promulgou esta sexta-feira uma lei que priva os embaixadores nas Nações Unidas (ONU) de países considerados ameaças para os Estados Unidos, ou "envolvidos em atividades terroristas", de obterem visto de entrada.

Num comunicado publicado esta sexta-feira, Barack Obama sublinha que a interdição promulgada deve ser vista como uma "recomendação", para que não entre em contradição com o poder constitucional de aceitar ou não as credenciais de um embaixador.

A lei aprovada pelo Congresso norte-americano a 10 de abril proíbe a entrada em solo dos Estados Unidos de "qualquer representante nas Nações Unidas, incluindo o presidente, que tenha feito parte de atividades terroristas visando os EUA, ou os seus aliados, ou que possa representar uma ameaça para a segurança nacional norte-americana".

Washington Barack Obama lei embaixadores ONU vistos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)