Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

OE2017: Bruxelas acredita que riscos em Portugal não se materializarão

Lusa 16 de Novembro de 2016 às 12:47

A Comissão Europeia disse hoje acreditar que os riscos de incumprimento que identificou no plano orçamental português para 2017 "não se materializarão" e saudou os dados sobre crescimento económico conhecidos na véspera.

Na conferência de imprensa de apresentação dos pareceres da Comissão sobre os projetos de orçamento para 2017 dos Estados-membros da zona euro, o vice-presidente responsável pelo Euro, Valdis Dombrovskis, e o comissário dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, congratularam-se também com a "boa notícia" que representa a decisão de Bruxelas de não propor uma suspensão parcial de fundos a Portugal devido ao défice excessivo.

Moscovici apontou que, de acordo com a análise da Comissão, o esboço orçamental de Portugal para o próximo ano "coloca um risco de incumprimento" tendo em conta as exigências para 2017 a que o país está obrigado, mas o desvio encontrado tem uma "margem muito estreita".