Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

OE2018: Marcelo considera que portugueses percebem incidência dos incêndios no défice

Lusa 20 de Novembro de 2017 às 15:44

O Presidente da República considerou hoje que os portugueses percebem que as medidas de resposta aos incêndios de junho e de outubro levem a alterações no Orçamento do Estado para 2018 com incidência no valor do défice.

Em declarações aos jornalistas, no final de uma visita ao Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que é preciso "separar as questões" no que respeita a alterações orçamentais com impacto no défice, distinguindo "aquilo que decorreu das tragédias vividas" de reivindicações de classes profissionais.

Questionado sobre o facto de o líder parlamentar do PS, Carlos César, ter estimado que o défice de 2018 aumente de 1% para 1,1% do Produto Interno Bruto (PIB), o chefe de Estado respondeu: "Mas, isso não é por causa de nenhuma revindicação social. É por causa de uma situação trágica e os portugueses percebem que era preciso acorrer às tragédias de junho e de outubro".