Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Ofensiva no leste contra pró-russos destrói acordo de Genebra

Enviado de Moscovo vai ajudar a negociar a libertação dos observadores da OSCE.
2 de Maio de 2014 às 11:46

O Kremlin considerou esta sexta-feira que a ofensiva de Kiev no leste contra os rebeldes pró-russos destrói o acordo de Genebra, adiantando que um enviado de Moscovo vai ajudar a negociar a libertação dos observadores da OSCE.

"Enquanto a Rússia está a fazer esforços para acalmar e resolver o conflito, o regime de Kiev mobilizou forças aéreas contra localidades civis, num ataque de represália, terminando com a última esperança para a viabilização do acordo de Genebra", disse Dmitry Peskov, porta-voz do presidente Vladimir Putin, citado por agências russas.

Peskov disse ainda que o presidente russo mandou o enviado especial Vladimir Lukin para o leste da Ucrânia para ajudar a negociar a libertação da equipa de observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, que foram detidos pelos rebeldes quando tentavam fiscalizar o acordo de Genebra.

 

ucrânia pró-russos acordo de genebra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)