Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

OITO SOB ESCUTA

Ferro Rodrigues, Paulo Pedroso e o irmão João Pedroso, Hugo Marçal, Jorge Ritto, Manuel Abrantes e a sua companheira e o braço-direito de ‘Bibi’, testemunha central do processo Casa Pia, estiveram sob escuta durante a investigação do caso de pedofilia.
16 de Março de 2004 às 00:34
Segundo revelou ontem a TVI, à data das detenções de Carlos Cruz e Ferreira Diniz, que escaparam às escutas telefónicas, apenas o braço-direito de ‘Bibi’ estava a ser escutado. Na conversa interceptada, a 1 de Fevereiro de 2003, o jovem fala com uma amiga, também casapiana, e manifesta-se satisfeito com a detenção do apresentador e do médico, acrescentando que faltam outros, nomeadamente, Manuel Abrantes.
O ex-provedor-adjunto foi, segundo a TVI, o primeiro a ser escutado, a 27 de Março de 2003. Seguiram-se Hugo Marçal e Jorge Ritto, a 1 de Abril, e um dia depois Paulo Pedroso. As conversas telefónicas do irmão do socialista, João Pedroso, começam também a ser ouvidas pela PJ a 12 de Maio. E, dois dias antes da detenção de Pedroso, a 19 de Maio, Ferro Rodrigues passou também a ser escutado pela Polícia Judiciária, o que viria a acontecer até 30 de Junho.
Ver comentários