Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

OMS alerta para necessidade de "medidas drásticas" face ao surto de ébola

Aumento significativo" do número de casos e de mortes.
26 de Junho de 2014 às 15:58

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para a necessidade de se tomar "medidas drásticas" face ao contínuo aumento do número de mortos e de casos do vírus ébola na República da Guiné, Libéria e Serra Leoa.

Num comunicado divulgado na quarta-feira, a OMS indica ter havido um "aumento significativo" do número de casos e de mortes devido ao ébola, apesar de a organização ter fornecido assistência técnica através do envio de uma equipa multidisciplinar de 150 especialistas.

Desde o início do ano e até segunda-feira passada são já 635 o total de casos registados, 399 dos quais causaram a morte do paciente, refere a OMS, assinalando que "o atual surto de ébola é, assim, o maior em termos de número de casos e de mortes, bem como em termos de expansão geográfica".

"Não se trata já de um surto num país específico, mas de uma crise sub-regional que exige uma ação firme por parte dos governos e dos vários parceiros", alerta o diretor regional para África da OMS, Luís Sambo, citado no comunicado.

saúde ébola Organização Mundial de Saúde OMS vírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)