Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

ONG insta Nações Unidas a investigar denúncias de abusos contra minoria na Birmânia

Lusa 31 de Outubro de 2016 às 03:35

A Human Rights Watch (HRW) denunciou hoje a queima de aldeias rohingya no oeste da Birmânia, apelando à ONU para investigar os relatos de abusos das forças de segurança cometidos contra aquela minoria desde o início do mês.

O exército birmanês declarou como "zona de operações" o norte do estado Rakhine, na fronteira com o Bangladesh, onde vive a maioria dos rohingya, após o ataque de um grupo armado contra três postos da polícia fronteiriça a 09 de outubro.

O assalto e posteriores distúrbios causaram pelo menos 40 mortos entre polícias, militares, assaltantes e moradores, e levou ao destacamento do exército, a quem ativistas locais acusam de execuções, violações e saques contra os rohingya.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)