Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

ONG denuncia torturas em centenas de 'prisões ilegais' por toda a China

Lusa 21 de Outubro de 2014 às 12:03

A organização não-governamental Chinese Human Rights Defenders (CHRD) denunciou hoje a existência por toda a China de centenas de prisões ilegais, disfarçadas de quartos de hotel ou fábricas, onde milhares de pessoas, na maioria mulheres, são torturadas.

Num relatório intitulado "Vamos espancar-te até à morte com impunidade", a organização lista milhares de casos de cidadãos chineses que sofreram abusos nos últimos cinco anos em centenas de "prisões negras" em Pequim e onze províncias do país.

"Chamamos-lhes 'prisões negras' porque estão longe da vista do público, escondidas ou disfarçadas de 'hotéis' ou 'fábricas', e porque são ilegais. Ou seja, estão escondidas do público e da lei. Dessa forma, os responsáveis podem cometer torturas e maus-tratos com impunidade", explicou Wendy Lin, coordenadora em Hong Kong da organização, citada pela agência EFE.