Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

OPEP mantém estimativas de consumo de petróleo

Melhoria da economia dos Estados Unidos compensa a estagnação da União Europeia e do Japão.
Lusa 10 de Outubro de 2014 às 13:40
Mais 0,23%% do que no fecho da sessão anterior
Mais 0,23%% do que no fecho da sessão anterior FOTO: Essam Al-Sudan/Reuters

A OPEP manteve esta sexta-feira as previsões de consumo de petróleo para 2014 e 2015, alegando que a melhoria da economia dos Estados Unidos compensa a estagnação da União Europeia e do Japão, anunciou a organização em Viena.

No relatório de outubro sobre o mercado petrolífero, a OPEP (Organização de Países Exportadores de Petróleo) mantem em 91,19 milhões de barris por dia a previsão de consumo de petróleo em 2014.

Os cálculos para 2015, que apontam para um consumo mundial de petróleo de 92,38 milhões de barris por dia, também se mantiveram inalterados em relação a estimativas anteriores.

"O firme impulso (da economia) nos Estados Unidos fica compensado pelos desafios em curso na zona euro e no Japão", explica a OPEP.

Assim, enquanto os Estados Unidos deverão consumir no próximo ano mais 130 mil barris por dia (mais 0,65%), os países mais industrializados da europa manterão a tendência de redução do consumo, prevendo a OPEP que caia 0,52%.

Queda na Europa Ocidental

De facto, a Europa Ocidental e os países ricos da Ásia são as únicas regiões onde deverá cair a procura de petróleo.

"A procura de petróleo mantém a tendência para se contrair na maioria dos países, que se estão a esforçar para reduzir as respetivas dívidas públicas", refere a OPEP.

Em sentido contrário, a América Latina continua a crescer e em 2015 consumirá mais 3,35% do que no ano em curso.

Os últimos dados refletem um aumento da utilização de petróleo na região, especialmente no Brasil, Equador e Argentina.

OPEP Estados Unidos União Europeia Japão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)