Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Operadora do INEM suspensa por cinco dias

Uma operadora do INEM foi suspensa por cinco dias e foram abertos dois processos de averiguação, na sequência do relatório da Inspecção-Geral das Actividades de Saúde (IGAS) sobre a morte de duas pessoas em Torres Novas em Maio passado.
21 de Agosto de 2007 às 18:52
O relatório refere um “acumular de erros” na assistência às duas vítimas (pai e filho) que estavam em paragem cárdio-respiratória. Estes erros foram desde uma deficiente avaliação do caso pelos serviços de atendimento do INEM, confusão de localização do incidente e aconselhamento de um meio inadequado.
Os próprios Bombeiros Voluntários de Torres Novas não escapam Às críticas, nomeadamente por não terem contactado imediatamente o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) de Lisboa e Vale do Tejo, quando se depararam com a situação.
O relatório da IGAS recomenda também ao INEM um maior investimento nas triagens do CODU e novas tiragens/avaliações e critica as falhas do sistema informático utilizado para a localização de chamadas.
O INEM já explicou que, à data dos acontecimentos, o sistema de localização de chamadas ainda não se encontrava em funcionamento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)