Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

"Bem vindos à m**** da Namíbia", ironiza agência de viagens

Vários operadores turísticos africanos estão a aproveitar a polémica à volta da declaração de Donald Trump.
19 de Janeiro de 2018 às 10:03
'Bem vindos à merda da Namíbia', ironiza agência de viagens
Donald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump
Donald Trump
'Bem vindos à merda da Namíbia', ironiza agência de viagens
Donald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump
Donald Trump
'Bem vindos à merda da Namíbia', ironiza agência de viagens
Donald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump
Donald Trump

Vários operadores turísticos africanos estão a aproveitar a polémica à volta da declaração do Presidente dos Estados Unidos sobre alguns 'países de merda' para captar turistas.

"Bem-vindo à merda da Namíbia", diz o narrador de um vídeo promocional daquele país, produzido pelo operador turístico privado The Gondwana Collection, cuja voz, coincidentemente parecida com a de Donald Trump, surge por cima de um conjunto de imagens da fauna animal e da beleza natural do país.

"Bom dia América de Trump, se algum dia quiserem sair do vosso lindo e perfeito país e visitarem um verdadeiro país de merda em África, gostávamos de convidá-los a virem à merda da Namíbia, um dos melhores países de merda que há por aí. Não, a sério. Nós de facto até temos um lago subterrâneo bonito que até parece uma merda, o lago Oshikoto", começa por dizer o narrador do vídeo que foi publicado no Youtube e que já conta com mais de 200 mil visualizações.

O vídeo faz ainda referências ao aquecimento global, ironizando mais uma vez as últimas declarações de Trump sobre o fenómeno. "O nosso deserto é um lugar tão merdoso que não tem chovido praticamente nada nos últimos milhões de anos, o que o torna no deserto mais antigo do mundo. Mas graças ao facto de vocês não se importarem com o aquecimento global isto poderá acabar!", pode ouvir-se.

Por último, a campanha publicitária não perde a oportunidade de lançar ainda mais uma farpa ao presidente dos EUA, fazendo uma alusão à vez em que Donald Trump teve dificuldade em dizer corretamente o nome daquele país africano. "São muito bem-vindos a visitarem o país de merda número um de África, conhecido pelo vosso presidente como...Nâmbia", termina o narrador.

Recorde-se que Donald Trump disse, numa reunião com senadores sobre política de imigração na semana passada, que os países africanos, o Haiti e El Salvador "são países de merda".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)