Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Organização de Estados Americanos pede "revisão dos antecedentes dos candidatos" às eleições no México

Lusa 10 de Outubro de 2014 às 05:00

O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, considera "difícil" que os recursos do crime organizado se desviem para o processo eleitoral mexicano, mas recomenda que se faça uma "revisão dos antecedentes dos candidatos".

O sistema mexicano "é o mais desenvolvido na América latina", pelo menos nesta matéria, afirmou Insulza que participou no V Fórum da Democracia Latino-americana, que decorreu na capital mexicana. Ainda assim, "não digo que não possa acontecer", comentou.

"Agora, que o crime organizado possa enviar os seus candidatos, ameaçar, coagir? isso também é um risco", alertou o responsável, defendendo que, por esse motivo, é necessário ter "um bom sistema de controlo, de revisão dos antecedentes dos candidatos".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)