Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Os diamantes, metais e pedras preciosas, vão fazer parte das reservas internacionais da Venezuela

Lusa 5 de Dezembro de 2014 às 04:49

Os diamantes, metais e pedras preciosas vão passar a fazer parte das reservas internacionais da Venezuela, segundo um decreto assinado pelo Presidente Nicolás Maduro, publicado na Gazeta Oficial.

O decreto, que modifica a Lei do Banco Central da Venezuela (BCV), estabelece que os diamantes, metais e pedras preciosas, poderão estar depositados nos cofres do BCV, ou "em instituições financeiras no estrangeiro, classificadas de primeira classe, segundo critérios reconhecidos internacionalmente".

Por outro lado substitui a palavra 'divisas' (moedas estrangeiras) por "moedas de reserva" e estabelece que "os ativos em moedas distintas ao bolívar, que o BCV mantenha, poderão classificar-se como reservas internacionais ou como outros ativos em moeda estrangeira".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)