Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Ota: Ribeiro e Castro pede a Cavaco para intervir

O líder do CDS-PP criticou esta segunda-feira a construção do novo aeroporto da Ota afirmando tratar-se de um “investimento desastrado". José Ribeiro e Castro pediu a Cavaco Silva para que intervenha junto do Governo e apele ao “bom-senso”.
15 de Janeiro de 2007 às 19:49
“Pedimos ao Presidente da República que actue no quadro do que designei de magistratura de exigência, no cruzamento da cooperação estratégica com estabilidade dinâmica”, afirmou Ribeiro e Castro, num almoço na sede do CDS-PP, deixando mesmo um aviso ao executivo socialista, caso o Governo não altere a sua decisão de construir um novo aeroporto na Ota: "Em 2009, se o PS perder a maioria, todo o projecto da Ota será parado, esteja na fase em que estiver", disse Ribeiro e Castro convidando o PSD a fazer idêntica declaração.
"Acreditamos que a incerteza assim introduzida no futuro do investimento forçará finalmente a interrupção imediata do projecto e conduzirá o Governo a trabalhar num quadro de consenso alargado", explicou. Para o democrata-cristão, “Lisboa não precisa de um novo aeroporto, mas de outro aeroporto que complete a Portela”, nomeadamente para servir as companhias de ‘low cost’ (baixo-custo).
Uma posição manifestada igualmente por Miguel Sousa Tavares: “o aeroporto tem de estar onde estão os seus passageiros”, referindo que 85 por cento dos utentes da Portela residem na região da Grande Lisboa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)