Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Países lusófonos exportadores de matérias-primas acabam ano em crise cambial

Lusa 21 de Dezembro de 2015 às 06:55

As moedas nacionais dos três países lusófonos que mais exportam matérias-primas caíram todas mais de 30% durante este ano, empurradas pela descida dos preços do petróleo e pela consequente escassez de divisas a entrar no país.

O real, do Brasil, lidera a lista das desvalorizações cambiais das moedas lusófonas, tendo perdido cerca de 46% desde o princípio do ano até ao final da semana passada, enquanto o metical, em angola, viu a sua relação com o dólar enfraquecer-se 41% desde o primeiro dia de janeiro.

Em Angola, onde a escassez de dólares é mais premente, a quebra ultrapassa os 30% segundo a taxa de câmbio oficial, mas nas ruas de Luanda já há trocas de 270 ou 280 kwanzas por cada nota de dólar, o dobro da taxa oficial de 135 kwnazas por dólar.