Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Belga Abdelhamid Abaaoud foi "cérebro"

O suspeito está também ligado a dois homens mortos numa operação antiterrorista em janeiro.
Lusa 16 de Novembro de 2015 às 11:18
O Belga Abdelhamid Abaaoud
O Belga Abdelhamid Abaaoud FOTO: D.R.

As autoridades francesas identificaram como o "cérebro" dos atentados de sexta-feira em Paris o belga Abdelhamid Abaaoud, noticiou esta sgeunda-feira a cadeia de televisão britânica Sky News.

De acordo com as mesmas fontes, Abaaoud está relacionado com o ataque num comboio de alta velocidade com destino a Paris, frustrado por dois soldados norte-americanos, e com um outro ataque contra uma igreja.

O suspeito estava também ligado a dois homens mortos numa operação antiterrorista em janeiro, em Verviers, Bélgica, acrescentaram.

Abaaoud, que também usa o nome de Abu Omar al Baljiki, é de origem marroquina e as autoridades pensam que de momento se encontra na Síria.

Pelo menos sete pessoas estão detidas na Bélgica, em relação com os atentados de Paris. Por outro lado, a polícia belga mandou parar, numa operação 'stop', junto à fronteira belga, um carro que transportava três pessoas, uma das quais identificada como Salah Abdelslam.

A polícia verificou os documentos de Abdelslam, atualmente conhecido como "Inimigo Público Número Um", e não o deteve, disseram responsáveis .

Abdelslam, de 26 anos, foi alegadamente o responsável pela logística e alugou o veículo, um Volkswagem Polo preto, usado pelos atacantes da sala de espetáculos Bataclan, onde foram mortas a tiro 89 pessoas na sexta-feira à noite. Os investigadores franceses identificaram, até agora, cinco terroristas suicidas: Ahmad Al Mohammad, Samy Amimour, Ibrahim e Salah Abdelslam, e Ismael Omar Mostefai, de acordo com o magistrado encarregado do inquérito, François Molins, em comunicado.

Paris Abdelhamid Abaaoud Sky News Bélgica Salah Abdelslam terrorismo ataque em Paris terrorismo em Paris
Ver comentários