Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Parlamento Europeu apoia criação da carta azul

O Parlamento Europeu (PE) apoiou esta quarta-feira, em Estrasburgo (França), a intenção de Bruxelas em criar uma ‘carta azul’ que permitirá a entrada no mercado de trabalho da União Europeia de imigrantes qualificados.
26 de Setembro de 2007 às 17:48
A Imigração foi um dos temas debatidos hoje, na sessão plenária do PE em Estrasburgo, na qual esteve presente, o secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Manuel Lobo Antunes, em representação da presidência portuguesa do Conselho da UE.
De acordo com Lobo Antunes, o Conselho tem trabalhado para combater os fluxos ilegais às fronteiras marítimas externas do Sul da Europa, sendo que a Agência Frontex tem tido um papel importante no controlo das fronteiras e da cooperação entre os Estados-membros através da “criação de um enquadramento efectivo para devolver imigrantes ilegais aos países de origem.”
Está previsto que a política europeia da imigração seja aprovada ainda durante a presidência portuguesa da UE, que terá fim a 31 de Dezembro.
A “carta azul” é inspirada na “carta verde” americana e terá como objectivo atrair trabalhadores para fazer face às necessidades específicas da UE.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)