Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Passadiços no rio Paiva permitem acesso a zonas inacessíveis em escarpa rochosa

Lusa 15 de Fevereiro de 2015 às 10:33

Arouca tem já construídos quatro quilómetros de passadiços na escarpa rochosa que acompanha o rio Paiva, o que, no verão, permitirá o usufruto de zonas antes praticamente inacessíveis ao homem, algumas das quais 150 metros acima da água.

A obra prevê um total de oito quilómetros entre a ponte de Espiunca e a praia do Areinho, abarcando assim a área conhecida como "a garganta do Paiva", e o percurso faz-se sob uma estrutura em madeira de pinho tratado, ancorada em ferro no maciço rochoso.

"Serão oito quilómetros sempre acima do nível máximo de cheia", descreveu à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Arouca, José Artur Neves.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)