Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Passos espera que esquerda "não se ponha ao fresco"

Passos diz que espera que o Governo "não se demita à primeira dificuldade".
Lusa 30 de Abril de 2016 às 19:00
O presidente do PSD Passos Coelho
O presidente do PSD Passos Coelho FOTO: Paulo Novais/Lusa

O presidente do PSD disse este sábado esperar que a esquerda "não se ponha ao fresco" quando tiver que corrigir as políticas que estão a ser seguidas e que o Governo "não se demita à primeira dificuldade".

"Haverá um dia em que o Governo vai ter de corrigir [as políticas que está a empreender] e espero que não se ponha ao fresco, como em 2011. Deve ser este Governo e a sua maioria a corrigir os erros que estão a cometer porque tem essa responsabilidade. Espero que a maioria aprove os Orçamentos do Estado de 2017 e 2018. Não contem para isso connosco e não vale a pena virem depois com crises políticas", afirmou Pedro Passos Coelho.

O líder do PSD, que falava em Aveiro onde deu posse aos novos órgãos distritais do partido, assegurou que o PSD "não tem pressa" em voltar à governação e por isso não pede a demissão do Governo, porque "em democracia quem governa deve ter a oportunidade de mostrar o que vale".

PSD Governo Orçamentos do Estado Pedro Passos Coelho Aveiro parlamento partidos e movimentos política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)